Menu - Clubes

1ª Divisão: América - Americano - Bangu - Boavista - Duque de Caxias - Friburguense - Macaé - Madureira - Olaria - Resende - Tigres - Volta Redonda
2ª Divisão: Angra dos Reis - Artsul - Bonsucesso - Cabofriense - Céres - CFZ - Fênix - Goytacaz - Itaperuna - Mesquita - Nova Iguaçu - Portuguesa - Profute - Quissamã - Rio das Ostras - Sampaio Corrêa - São Cristóvão - Sendas
3ª Divisão: AD Itaboraí - América de Três Rios - Atlético Rio - Barcelona - Barra Mansa - Bela Vista - Bréscia - Campo Grande - Canto do Rio - Castelo Branco - CF Rio de Janeiro - Duquecaxiense - Esprof - Futuro Bem Próximo - Heliópolis - Juventus - Kaiserburg - Leme - Mangaratibense - Marinho - Nilópolis - Nova Cidade - Paraíba do Sul - Rio-São Paulo - Associação Riostrense - Rubro - São João da Barra - Serra Macaense - Tanguá - Três Rios - União Central - Vassouras - Villa Rio

- Licenciados:
2ª Divisão: Aperibeense - Cardoso Moreira - Estácio - Floresta - Guanabara - Miguel Couto - Rio Branco - Teresópolis
3ª Divisão: Arraial do Cabo - Casimiro de Abreu - Condor - Deportivo La Coruña Brasil - Entrerriense - Italva - Paduano - Real Angra - Rio Bonito - Riostrense EC - Santa Cruz - São José - Semeando Cidadania - Serrano - Tomazinho - União de Marechal Hermes - Várzea
Outros: Anchieta - Apollo - Barra (Teresópolis) - Barra da Tijuca - Bayer - Cachoeiras - Central (Barra do Piraí) - Coelho da Rocha - Colúmbia - Cosmos - Diana - Everest - Faissal - Iguaçu - Japeri - Lucas - Maricá - Miguel de Vassouras - Nova Friburgo - Pavunense - EC Resende - Royal - Rodoviário - Saquarema - Teresópolis EC - Tupy (Paracambi) - União Nacional - Vera Cruz

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Portuguesa vence a segunda, contra o Campo Grande

(do Futebolestranho.com)

Anderson Sloth, em Xerém (Duque de Caxias - RJ)

A Portuguesa venceu sua segunda partida na Série B do Rio. Jogando no Marrentão, em Xerém, a Lusa derrotou o Campo Grande por 3x1 e continua firme na zona de clsasificação do Grupo B, já o Campusca, já acumula três derrotas na competição e está na zona perigosa. Confira a matéria do jogo.

O JOGO
Mesmo com um gramado bastante castigado devido às chuvas dessa semana, a Portuguesa não se intimidou e partiu logo pra cima do Campo Grande. Logo aos 10 minutos de partida, Bruno girou dentro da pequena área e chutou forte para abrir o placar para a Zebra. O Campo Grande tentava encaixar os ataques mas sem êxito, bom para a Lusa que somente administrou o resultado positivo na primeira parte.

A segunda etapa foi mais movimentada. Com apenas três minutos, a zaga da Portuguesa falhou e a Borges ficou sozinho na área. O atacante só escolheu o canto e empatou a partida para o Galo. O gol não abalou a Lusa que pressionou a equipe da Zona Oeste em busca dao gol de desempate e ele veio aos 12, novamente com Bruno. O atacante recebeu bola pelo alto, matou no peito e pegou de voleio, a bola entrou no ângulo do goleiro Edwin. Golaço. Na saída de bola, o Campo Grande teve um pênalti a seu favor. Após uma breve confusão, Borges partiu pra bola e marcou, mas o juiz mandou voltar devido à invasão na área por parte dos jogadores do Campusca. Na nova cobrança, Borges bateu no mesmo canto e Marcos Leandro espalmou, mandando pra escanteio.

O Campo Grande vinha com mais perigo ao ataque e Lusa vinha, tabmém com perigo nos contra ataques. Aos 26, o zagueiro Campo Grande Neinzinho, subiu livre na área e cabeceou a bola na trave, a bola ficou com a equipe da Ilha que partiu em contra ataque. Depois de uma linha de passe, muito bem executava, Tiago cruzou para Alex Alves, que tinha acabado de entrar, cabecear para o gol. Depois do terceiro gol, o jogo ficou morno e nenhuma das duas equipes se esforçava muito em ir ao ataque e o jogo terminou com placar de 3x1 para a Lusa.

Campo Grande 1-3 Portuguesa

Campo Grande: Edwin; Gustavo, Edvaldo, Neinzinho e Eric; Cristiano, Anderson Trava (Leonardo), Humberto e Rafael (André Luiz); Borges e Vitor (Wagner). Técnico: Vilson Porto.
Portuguesa: Marcos Leandro; Tiago, André, Carlos Renan e Muniz (Warley); Digão, Renatinho, Beto e Renan; Bruno (Alex Alves) e Tássio (Dimba). Técnico: Marcelo Buarque.

Olaria vence e lidera o Grupo B

(do Futebolestranho.com)

Vitor Costa e Bernardo Mallet, em Olaria (Rio de Janeiro - RJ)

Jogando no estádio da Rua Bariri e com o apoio de sua torcida, o Olaria venceu o Goytacaz com muita facilidade. Os donos da casa venceram a partida por 3 a 0 e terminaram o confronto com dois jogadores a mais. Confira os detalhes do jogo, que foi válido pela 4ª rodada da Série B do Campeonato Carioca.

O JOGO
O Olaria começou muito melhor na partida e tomava a iniciativa do jogo. As chegadas eram constantes, porém com pouco perigo ao gol de Fernando. A única chance clara de gol antes da parada técnica ocorreu aos 16 minutos, com Flamel chutando para excelente defesa de Fernando, a única no primeiro tempo.

Após a parada técnica o Goytacaz parecia outro time. Chegou com perigo três vezes (duas em cobranças de falta de Rondinelli e uma em cobrança de escanteio) e equilibrou as ações no primeiro tempo, sem deixar o Olaria jogar. E o resultado de 0 a 0 ao intervalo acabou sendo justo.

No segundo tempo o Olaria voltou mais animado e disposto a abrir o placar o quanto antes. Logo aos 11 minutos, contra-ataque dos donos da casa e Assumpção achou João Rodrigo livre para abrir o placar: Olaria 1 a 0. Aos 16, Jean (Goytacaz) cometeu falta dura no estreante Douglas Silva e foi expulso.

O jogo ficou morno e o Olaria apenas admnistrava o resultado. E, com um homem a mais, a tarefa não era lá muito difícil. O técnico interino do Goytacaz, Charles Almeida, até tentou mudar o panorama do jogo, tirando o estreante apagado Valdiram para a entrada de Cafezinho, mas nada mudou e o Olaria continuava fazendo o que queria.

E, com 32 minutos, veio o segundo gol. Troca de passes no ataque do Olaria, e Renato cruzou pela direita. O goleiro Fernando rebateu nos pés de Juninho, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes: 2 a 0 para o Olaria.

Aos 36, o Goytacaz já não demonstrava sinais de reação e, pra completar, ainda teve Índio expulso. E ainda deu tempo para Flamel cobrar falta com perfeição e marcar um golaço, aos 42: 3 a 0, placar final.

Veja as fotos da partida realizada na Rua Bariri (Bernardo Mallet)

Olaria 3-0 Goytacaz

Olaria: Ângelo, Renato, Diego, Thiago Eleutério e Paulo Vinícius; David, Douglas Silva (Juninho), Araruama (Vinícius), Flamel e Assumpção (Thiaguinho); João Rodrigo. Técnico: Amilton Oliveira.
Goytacaz: Fernando, Flávio Pinto, Max, João Carlos e Hamilton (Victor Hugo); Leandro Leite, Índio, Jean e Rondinelli (Gabriel); Robson e Valdiram (Cafezinho). Técnico interino: Charles Almeida.

Rodada da Terceirona 2009 (29 e 30.07)

Na ultima rodada antes do começo das partidas do Grupo B, não tivemos muitos gols, nem muitas surpresas. Vamos chegando ao final do 1º turno, e algumas já despontam como favoritas para a classificação. Vamos aos resultados:

- Grupo A:

Três Rios 1-0 Real
Paraíba do Sul 2-0 Barra Mansa

- Grupo C:

Arraial do Cabo 1-1 Serrano
Duquecaxiense 0-3 Leme (W.O.)

- Grupo D:

Heliópolis 0-1 Castelo Branco
Rubro 0-2 Rio de Janeiro

- Grupo E:

Nilópolis 1-1 Juventus
Santa Cruz 0-1 Bela Vista

Gols marcados nesta rodada: 11 (14 contando com o W.O.)
Média de gols por jogo: 1,37
Total de gols no Campeonato: 49
Média de gols por jogo no Campeonato: 2,04


- Classificação:

Grupo A
Fênix 6 (Saldo de gols: 6)
Paraíba do Sul 6 (Saldo de gols: 3)
Barra Mansa 3 (Saldo de gols: -1)
Três Rios 3 (Saldo de gols: -3)
Real 0

Grupo C
Leme 6
Barcelona 4
Duquecaxiense 3
Arraial do Cabo 2
Serrano 1

Grupo D
Castelo Branco 7
Rio de Janeiro 4
Heliópolis 3 (Saldo de gols: 0)
Rubro 3 (Saldo de gols: -3)
Marinho 0

Grupo E
Juventus 5
Nilópolis 4 (Saldo de gols: 3)
Bela Vista 4 (Saldo de gols: 1)
União Central 3
Santa Cruz 0


- Próximos jogos (4ª rodada):
(2 de agosto, 15:00)

- Grupo A:
Barra Mansa x Três Rios, Estádio Leão do Sul, Barra Mansa (01.08, 15:00)
Real x Fênix, Estádio Municipal, Angra dos Reis.

- Grupo B:
Esprof x Rio das Ostras, Estádio Alair Correa, Cabo Frio. (01.08, 15:00)
Sampaio Correa x Independente, Estádio Eucy Resende de Mendonça, Saquarema.

- Grupo C:
Leme x Arraial do Cabo, Estádio Bela Vista, São Gonçalo (01.08, 15:00)
Serrano x Barcelona, Estádio Atílio Marotti, Petrópolis.

- Grupo D:
Castelo Branco x Marinho, Estádio Moça Bonita, Bangu. (01.08, 15:00)
Rio de Janeiro x Heliópolis, Estádio Marrentão, Xerém.

- Grupo E:
Juventus x União Central, Estádio do Ceres, Bangu. (01.08, 15:00)
Bela Vista x Nilópolis, Estádio Bela Vista, São Gonçalo.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Rodada da Segundona 2009 (25 e 26.07)

Chegamos à terceira rodada. A bola rolou neste fim de semana, pela Segunda Divisão do Carioca. Nove jogos aconteceram no sábado, apenas o América fez sua partida domingo. Foram muitos gols nesta rodada, mas principalmente, muitos empates. Vamos, portanto, ao “resumão” da rodada:

- Grupo A:

Queimados 1-1 Quissamã
Gols:
Deni, 25 minutos do 1º tempo (Queimados)
Adão, 18 minutos do 2º tempo (Quissamã)

Queimados: Jaime; Raphael (Renato), Robertinho (Romarinho), Léo e Jefferson; Popi, Dedé, Regilson (Jorginho) e Thiago Abreu; Dudu e Deni. Técnico: Álvaro Queiroz.
Quissamã: Espindula; Fred, Douglas, Jadson e Robertinho (Diniz); Amaral (Gaúcho), Cleiton, Bruno Reis e Pipico (Vinicios); Fabrício e Adão. Técnico: Paulo Henrique Oliveira.


Riostrense 5-0 São Cristóvão
Gols:
Cleiton, 40 minutos do 1º tempo
Rafael, 41 minutos do 1º tempo
Fabio, 5 minutos do 2º tempo
Rafael, 20 minutos do 2º tempo
Igor, 41 minutos do 2º tempo

Riostrense: Jefferson; Wellington, Diego Gava, Alexandre e Cleiton; Ronie, Marcos Marins, Rodrigo Oliveira e Carlos André; Fabio (Everson) e Rafael (Igor). Técnico: Jonas Siqueira.
São Cristóvão: Anísio; Ananias (Ratinho), Wendel, China e Léo; Domicio, Daniel, Emanuel e Moises (Elisson); Rivaldo (Diogo) e Batata. Técnico: Denis Miguel.


CFZ 0-1 Artsul
Gol: Gleisson, 13 minutos do 1º tempo

CFZ: Flavio; Edson, Ricardo, Dão e Bruno Luiz; Nogueira (Roberto), Elvinho (Fabio Costa), Julinho e Cassiano; Tic e Da Silva (Julio Cesar). Técnico: Caco Espinosa.
Artsul: Marcio; Luiz Renato (Cocada), Diogo, Carlos Vinicius e Bruno Marcos; Robson, Gean, Taercio, Geovane (Ricardo) e Cristiano; Gleisson (Luan). Técnico: Rogério Pina.


Profute 0-1 Bonsucesso
Gol: Alan, 22 minutos do 2ºtempo.

Profute: Julio; Enio, Evair (Vinicius), Rudi e Chumbinho; Carlos Alberto, Thiago Silva, Leco e Tiago Santos (Douglas); Rodolfo e Wilson (Delei). Técnico: Getulio Diogo.
Bonsucesso: Renan; Buiú, Vicente, Rodrigo e Ratinho; Julio César, Bryano, Bruninho (Daniel) e Jones Carioca; Alan (Willian) e Maicon (Victor Hugo). Técnico: Ronald Cabral.


América 2-0 Cardoso Moreira
Gols:
Da Costa, 15 minutos do 1º tempo
Alexsandro, 43 minutos do 2º tempo

América: Luis Cetin; Bruno Leite (Gerson), Luiz Antonio, Nailton e Da Costa; Marcio, Fred, Rubens (Diguinho) e Têti; Léo (Saymon) e Alexsandro. Técnico: Clovis Andrade.
Cardoso Moreira: Ramon; Antonio Carlos, Caboclo, Lili e Vinicius (Tubarão); Junior, Jhonnattann (Canhoto); Luis Gustavo e Thiago; Willian e Vitor (Oziel). Técnico: Isaac Lopes.



- Grupo B:

Portuguesa 1-1 Olaria
Gols:
Alan Fernandes, 7 minutos do 1º tempo (Portuguesa)
Thiago Eleutério, 38 minutos do 2º tempo (Olaria)

Portuguesa: Marcos Leandro, Tiago, Francis (Yuri), Carlos Renan e Alan Fernandes (Bruno); Andrezinho, Renatinho, Digão e Renan; Orlandinho (Alex Alves) e Tassio. Técnico: Marcelo Buarque.
Olaria: Ângelo, Renato, Diego, Tinoco (Thiago Eleutério) e Paulo Vinícius (João Rodrigo); David, Araruama, Flamel e William; Assumpção e Celso (Bill). Técnico: Amilton Oliveira.


Angra dos Reis 2-2 Aperibeense
Gols:
Roberto, 1 minuto do 1º tempo (Angra dos Reis)
Willian, 31 minutos do 1º tempo (Aperibeense)
Raphael, 12 minutos do 2º tempo (Angra dos Reis)
Dione, 20 minutos do 2º tempo (Aperibeense)

Angra dos Reis: Bruno; Junior (Mauricio), Thiago Jose, Leonardo e Marcelo; Haroldo, Raphael, Roberto e Felipe Abreu (Carlos Eduardo); Vagner (Renan) e Alan. Técnico: Floriano Neto.
Aperibeense: Jéferson; Alves, Fernando (Giovane), Everton e Paulo César; Gustavo (Santiago), Willian, Magal e Pedro (Paulo Victor); Fabinho e Dione. Técnico: Beá.


Nova Iguaçu 1-1 Miguel Couto
Gols:
Nardo, 2 minutos do 1º tempo (Miguel Couto)
Zambi, 22 minutos do 1º tempo (Nova Iguaçu)

Nova Iguaçu: Vander; Juan, Naythor e Leonardo Luiz; Leonardo Silva, Paulo Henrique, Luan (Rafael Soeiro), Alex Faria (André Mello) e Amarildo (Diego); Zambi e Evandro. Técnico: Toninho Barroso.
Miguel Couto: Léo; Junior (Léo Freitas), Willian, Zé Ricardo e Rodrigo; Mauro, Pedro, Felipe e Nardo; Ernesto (Hugo) e Carlão (Gilmax). Técnico: Edson Souza.


Goytacaz 1-1 Sendas
Gols:
Felipe Cruz, 32 minutos do 2º tempo (Sendas)
Robson, 36 minutos do 2º tempo (Goytacaz)

Goytacaz: Fernando; Marcos Bazílio (Índio), Max, Marcio Martins (Gabriel Silva) e João Carlos; Leandro Leite, Flavinho, Tenório e Rondinelli (Cafezinho); Jean e Robson. Técnico: Nei Silva.
Sendas: Vinicius Queiroz; Marcio Gomes (Ivan Junior), Felipe Cruz, Emerson e Ramon; Umberto, Ricardinho, Vitor Rossini e Gustavo; Denílson (Rafael Americo) e Serginho. Técnico: Wagner de Souza.


Villa Rio 1-2 Campo Grande
Gols:
Vandinho, 24 minutos do 1º tempo (Villa Rio)
Eric, 38 minutos do 1º tempo (Campo Grande)
Humberto, 19 minutos do 2º tempo (Campo Grande)

Villa Rio: Marquinhos; Diego Cristiano, Vandinho, Elton e Anderson (Silvane); Ivo (Sassá), Argeu, Vinicius (Hiroshi) e Renan; Kiki e Hernandes. Técnico: Johnny Moreira.
Campo Grande: Edewin; Gustavo, Edvaldo, Paulo Roberto e Eric; Anderson (Wagner), Cristiano, Humberto (Fabio) e Rafael; Vitor (Marcelo) e Borges; Técnico: Vilson Moraes.


- Artilheiros:

5 gols:
Zambi (Nova Iguaçu)

3 gols:
Alexsandro (America)
Paulo Henrique (Nova Iguaçu)

Gols marcados nesta rodada: 24
Média de gols por jogo: 2,40
Total de gols no Campeonato: 68
Média de gols no Campeonato: 2,26


- Classificação:

Grupo A
América 9
Artsul 7
Riostrense 6 (Saldo de gols: 5)
Bonsucesso 6 (Saldo de gols: -1)
Quissamã 5
----------
CFZ 2 (Saldo de gols: -1, 1 gol marcado)
Queimados 2 (Saldo de gols: -1, 1 gol marcado)
Profute 1 (Saldo de gols: 1)
Cardoso Moreira 1 (Saldo de gols: -4)
São Cristovão 1 (Saldo de gols: -7)

Grupo B
Nova Iguaçu 7 (Saldo de gols: 5)
Goytacaz 7 (Saldo de gols: 2, 3 gols marcados)
Olaria 7 (Saldo de gols: 2, 3 gols marcados)
Angra dos Reis 5
Sendas 4 (Saldo de gols: 2)
----------
Portuguesa 4 (Saldo de gols: -2)
Campo Grande 3
Villa Rio 1
Aperibeense 0 (Saldo de gols: -2, 4 gols marcados)
Miguel Couto 0 (Saldo de gols: -2, 2 gols marcados)


- Próxima rodada (29 de julho, 15:00):

- Grupo A:
Bonsucesso x Queimados, Estádio Leonidas da Silva, Bonsucesso.
Cardoso Moreira x Riostrense, Estádio Cardosão, Cardoso Moreira.
Quissamã x CFZ, Estádio Ary de Oliveira e Souza, Campos.
São Cristovão x Profute, Estádio Figueira de Melo, São Cristovão.
Artsul x América, Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. (30.07, 18:30)

- Grupo B:
Campo Grande x Portuguesa, Estádio Marrentão, Xerém.
Miguel Couto x Angra dos Reis, Estádio Louzadão, Mesquita.
Sendas x Nova Iguaçu, Estádio Arthur Sendas, São João de Meriti.
Olaria x Goytacaz, Estádio da Rua Bariri, Olaria.
Aperibeense x Villa Rio, Estádio Municipal, Angra dos Reis.

Rodada da Terceirona 2009 (25 e 26.07)

Muitos gols nesta segunda rodada da 3ª Divisão. Ainda sem os times do Grupo B, foram mais oito partidas disputadas. Destacam-se o mau início do Serrano, recém-rebaixado, e o promissor começo de campanha do Castelo Branco, um dos favoritos para a subida. Tivemos também, o primeiro W.O. do campeonato. Vamos aos resultados:

- Grupo A:
Fenix 5-1 Três Rios
Real 0-3 Paraíba do Sul (W.O.)

- Grupo C:
Barcelona 0-0 Arraial do Cabo
Serrano 1-3 Duquecaxiense

- Grupo D:
Marinho 0-1 Heliópolis
Castelo Branco 2-0 Rubro

- Grupo E:
União Central 0-3 Nilópolis (W.O.)
Juventus 3-0 Santa Cruz

Gols marcados nesta rodada: 16 (22 contando com os W.O.s)
Média de gols por jogo: 2,00
Total de gols no Campeonato: 38
Média de gols no Campeonato: 2,37


- Classificação:

Grupo A
Fenix 6
Paraíba do Sul 3 (Saldo de gols: 1, 3 gols marcados)
Barra Mansa 3 (Saldo de gols: 1, 3 gols marcados)
Real 0 (Saldo de gols: -4, 2 gols marcados)
Três Rios 0 (Saldo de gols: -4, 1 gol marcado)

Grupo C
Barcelona 4
Leme 3 (Saldo de gols: 1)
Duquecaxiense 3 (Saldo de gols: -2)
Arraial do Cabo 1
Serrano 0

Grupo D
Castelo Branco 4
Heliópolis 3 (Saldo de gols: 1)
Rubro 3 (Saldo de gols: -1)
Rio de Janeiro 1
Marinho 0

Grupo E
Juventus 4
Nilópolis 3 (Saldo de gols: 3)
União Central 3 (Saldo de gols: -2)
Bela Vista 1
Santa Cruz 0


- Próximos jogos (3ª rodada):
(28 de julho, 15:00)

- Grupo A:
Três Rios x Real, Estádio Odair Gama, Três Rios.
Paraíba do Sul x Barra Mansa, Estádio do Vila Nova FC, Paraíba do Sul.

- Grupo C:
Duquecaxiense x Leme, Estádio Eustáquio Marques, Curicica.
Arraial do Cabo x Serrano, Estádio Figueira de Melo, São Cristóvão. (29/07, 15:00)

- Grupo D:
Heliópolis x Castelo Branco, Estádio José Alvarenga, Belford Roxo. (28/07, 15:30)
Rubro x Rio de Janeiro, Estádio Moça Bonita, Bangu.

- Grupo E:
Nilópolis x Juventus, Estádio José Alvarenga, Belford Roxo. (28/07, 13:00)
Santa Cruz x Bela Vista, Estádio do Céres, Bangu.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Rodada da Segundona 2009 (19.07)

Mais uma rodada da Segundona Carioca, neste ano de 2009. O destaque ficou com mais uma vitória do América, que conquista 100% de aproveitamento, nestes dois primeiros jogos. O Goytacaz, por sua vez, também venceu duas vezes.

GRUPO A

Bonsucesso 3-1 Riostrense
Gols:
Rodrigo, 43 minutos do 1º tempo (Bonsucesso)
Bruninho, 8 minutos do 2º tempo (Bonsucesso)
Igor, 27 minutos do 2º tempo (Riostrense)
Daniel, 45 minutos do 2º tempo (Bonsucesso)

Bonsucesso: Renan; Buiu, Vicente, Rodrigo e Ratinho; Julio Cesar, Bryano, Bruninho (Rafael) e Maicon (Gil Bala); Jones Carioca e Alan (Daniel); Técnico: Ronald Cabral.
Riostrense: Jefferson; Everson, Diego Gava, Alexandre e Wellington; Ronie, Rodrigo (Diego Araujo), Marcos Marins e Igor (Leandro); Rafael e Carlos (Luã). Técnico: Jonas Silva.


São Cristóvão 1-3 América
Gols:
Luiz Antonio, 9 minutos do 1º tempo (América)
Victor Boleta, 45 minutos do 1ºtempo (São Cristóvão)
Alexsandro, 16 minutos do 2º tempo (América)
Alexsandro, 46 minutos do 2ºtempo (América)

São Cristóvão: Anisio; Ananias, Wendel (Edmilson), China e Washington (Vagner); Baiano, Daniel, Rafael (Ratinho) e Victor Boleta; Moisés e Batata. Técnico: Denis Miguel.
América: Luis Cetin; Juninho Tardelli (Alexsandro), Luiz Antonio, Nailton e Da Costa (Gerson); Marcio, Fred, Rubens (Diguinho) e Teti; Leo Itaperuna e Adriano. Técnico: Clovis de Oliveira.


Profute 0-0 Queimados

Profute: Julio; Enio, Leo, Carlos e Vinicius (Del); Rudi, Leco, Chumbinho e Edu (Thiago); Wilson (Renan) e Vando. Técnico: Getulio Diogo.
Queimados: Jaime; Raphael, Robertinho, Leo e Jefferson; Popi, Filipinho (Regilson, depois Dedé), Rodrigo e Thiago Abreu; Dudu e Deni. Técnico: Alvaro Queiroz.


Cardoso Moreira 1-1 CFZ
Gols:
Elvinho, 1 minuto do 1º tempo (CFZ)
Vitor, 44 minutos do 1º tempo (Cardoso Moreira)

Cardoso Moreira: Ramon; Antonio Carlos, Caboclo, Lili e Canhoto; Rogerio, Junior, Tubarão e Willian; Vitor e Paulão. Técnico: Isaac Lopes.
CFZ: Wallace; Edson, Ricardo, Dão e Bruno Luiz; Nogueira, Julinho, Tic e Cassiano; Elvinho e Da Silva. Técnico: Caco Espinoza.


Artsul 0-0 Quissamã

Artsul: Espindula; Fred, Douglas, Foleti e Rodrigo; Amaral, Cleiton, Bruno Reis e Wesley; Fabricio e Adão. Técnico: Paulo Henrique Oliveira.
Quissamã: Marcio; Luiz Renato, Diogo, Carlos Vinicius e Bruno Marcos; Robson, Taércio, Geovane e Cristiano; Gean e Luan. Técnico: Rogério Pina.


GRUPO B

Villa Rio 0-1 Portuguesa
Gol: Tiago, 31 minutos do 1º tempo

Villa Rio: Marquinhos; Diego Cristiano, Candinho, Elton e Bruno; Ivo (Renan), Argeu, Leandro (Diego) e Samuel (Hernandes); Vinicius e Kiki. Técnico: Johnny Moreira.
Portuguesa: Marcos Leandro; Tiago (Nilo), Francis, Carlos Renan e Alan; Andrezinho, Beto, Renatinho e Renan; Orlandinho (Digão) e Tassio (Alex Alves). Técnico: Marcelo Buarque.


Campo Grande 0-2 Angra dos Reis
Gols:
Roberto, 22 minutos do 2º tempo
Raphael, 43 minutos do 2º tempo

Campo Grande: Edewin; Cristiano, Edvaldo, Paulo Roberto e Eric (Renan); Anderson, Fabio (Bruno), Humberto e Rafael; Borges e Vitor (Wagner). Técnico: Vilson Moraes.
Angra dos Reis: Bruno; Junior (Mauricio), Leonardo, Thiago e Marcelo; Haroldo, Roberto, Renan (Vagner) e Allan; Raphael e Felipe (Carlos Eduardo). Técnico: Floriano Neto.


Aperibeense 2-3 Nova Iguaçu
Gols:
Wallace, 24 minutos do 1º tempo (Aperibeense)
Paulo Henrique, 28 minutos do 1º tempo (Nova Iguaçu)
Zambi, 23 minutos do 2º tempo (Nova Iguaçu)
Paulo Henrique, 36 minutos do 2º tempo (Nova Iguaçu)
Wallace, 47 minutos do 2º tempo (Aperibeense)

Aperibeense: Leandro; Alves, Fernando, Everton e Paulo Cesar (Danilo); Maranhão (Pablo), Willian, Magal e Wallace; Huarlan (Thiago) e Fabinho. Técnico: Bea.
Nova Iguaçu: Henrique; Leonardo Silva, Juan, Naythor e Amarildo (Filipinho); Luan, Leonardo Luiz, Paulo Henrique e Alex Faria (Rafael Soeiro); Zambi e Evandro (Vander). Técnico: Toninho Barroso.


Miguel Couto 1-2 Goytacaz
Gols:
Nardo, 31 minutos do 1º tempo (Miguel Couto)
Rondinelli, 4 minutos do 2º tempo (Goytacaz)
Cafezinho, 24 minutos do 2ºtempo (Goytacaz)

Miguel Couto: Léo Moura, Júnior, William, Zé Ricardo e Rodrigo; Mauro, Nardo e Felipe (Pedro); Hugo, Gilmax e Carlão. Técnico: Edson Souza.
Goytacaz: Erivélton; Schneider (Marcos Basílio), João Carlos, Max e Hamilton; Flávio Pinto, Leandro Leite, Fábio Tenório (Cafezinho) e Rondinelli; Jean e Róbson (Índio). Técnico: Nei Silva.


Sendas 1-2 Olaria
Gols:
Assumpção, 35 minutos do 1º tempo (Olaria)
Celso, 21 minutos do 2º tempo (Olaria)
Emerson, 23 minutos do 2ºtempo (Sendas)

Sendas: Cleber; Vinicius Santos, Felipe Cruz, Emerson e Ramon; Umberto, Ricardinho (Vitor Rossini), Serginho (Castro) e Gustavo; Ivan Junior (Lucas Poli) e Denilson. Técnico: Waguinho Dias.
Olaria: Angelo; Renato, Diego, Tinoco e Paulo Vinicius; David, Araruama, Flamel e Assumpção (Vinicius); Celso (João Rodrigo) e William (Biro). Técnico: Amilton Oliveira.


- Artilheiro:

4 gols:
Zambi (Nova Iguaçu)

Gols marcados nesta rodada: 24
Média de gols por jogo: 2,40

- Classificação:

Grupo A
América 6
Quissamã 4 (Saldo de gols: 2)
Artsul 4 (Saldo de gols: 1)
Bonsucesso 4 (Saldo de gols: -2)
Riostrense 3
----------
CFZ 2
Queimados 1 (Saldo de gols: -1)
Cardoso Moreira 1 (Saldo de gols: -2, 2 gols marcados)
São Cristovão 1 (Saldo de gols: -2, 1 gol marcado)
Profute 1 (Saldo de gols: 2, nenhum gol marcado)

Grupo B
Nova Iguaçu 6 (Saldo de gols: 5)
Goytacaz 6 (Saldo de gols: 2, 3 gols marcados)
Olaria 6 (Saldo de gols: 2, 3 gols marcados)
Angra dos Reis 4
Sendas 3 (Saldo de gols: 2)
----------
Portuguesa 3 (Saldo de gols: -2)
Villa Rio 1
Aperibeense 0 (Saldo de gols: -2, 2 gols marcados)
Miguel Couto 0 (Saldo de gols: -2, 1 gol marcado)
Campo Grande 0 (Saldo de gols: -6)

- Próxima rodada (25 de julho, 15:00)

- Grupo A:
Brescia x Quissamã, Estádio Marrentão, Xerém.
Riostrense x São Cristovão, Estádio Ostrão, Rio das Ostras.
CFZ x Artsul, Estádio Antunes, Recreio dos Bandeirantes.
Profute x Bonsucesso, Estádio Municipal, Itaborai.
América x Cardoso Moreira, Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro (26.07, 16:00).

- Grupo B:
Portuguesa x Olaria, Estádio Luso-Brasileiro, Ilha do Governador.
Angra dos Reis x Aperibeense, Estádio Municipal, Angra dos Reis.
Nova Iguaçu x Miguel Couto, Estádio Laranjão, Nova Iguaçu.
Goytacaz x Sendas, Estádio Ary de Oliveira e Souza, Campos.
Villa Rio x Campo Grande, Estádio Louzadão, Mesquita.

Goytacaz segue com 100% na Segundona: 2-1 no Miguel Couto

(Do Futebolestranho.com)

Vitor Costa, Bernardo Mallet e Anderson Sloth
Em Xerém - RJ (estádio Romário de Souza Faria)

O Goytacaz foi ao estádio Marrentão, em Xerém, para enfrentar o Miguel Couto, e tentou jogar uma partida de futebol. Mas, com as condições do estádio, era praticamente impossível. Com muita chuva em Xerém, o gramado (que já era ruim) ficou castigado e com diversas poças d'água. No entanto, o alvianil campista bateu o Miguel Couto, que tinha o mando de campo, por 2 a 1. Confira o que aconteceu na partida, a galeria de fotos e os gols do jogo.

O JOGO
O primeiro tempo mostrou poucos minutos de futebol e a maioria do tempo perdido com a bola parada nas várias poças d'água do estádio Marrentão. Qualidade técnica não existiu, apenas a disputa desesperada pela bola com muita água subindo. Aos 14 minutos uma das poças ajudou o Miguel Couto: Róbson chutou cruzado, a bola passou pelo goleiro Léo e ficou presa na poça. O atacante Jean tentou completar para o gol vazio, mas chutou muita água e a bola não saiu do lugar. Jean perdeu o equilíbrio e caiu, e a zaga do Miguel Couto mandou pra escanteio.

Apesar do gramado, o Goytacaz mandava no jogo e o gol parecia ser questão de tempo. Só não avisaram ao Miguel Couto, que abriu o placar aos 31 do 1º tempo. Cobrança de escanteio de Gilmax para cabeçada precisa de Nardo. Os jogadores do Goytacaz, além de enfrentar a forte marcação dos jogadores do Miguel Couto e o gramado, que estava com mais poças no campo de ataque alvianil, agora enfrentariam também o relógio.

No 2º tempo a equipe do Goytacaz entrou determinada para empatar e, com o campo "menos pior" (vamos dizer assim) no seu ataque, empatou logo no início, aos 4 minutos. O zagueiro do Miguel Couto entregou a bola nos pés de Hamilton, que cruzou para Róbson, que acertou a trave. No rebote, Rondinelli mandou pro fundo do gol e furou a rede recém-colocada do estádio Marrentão: 1 a 1.

Aos 19 minutos, foi a ver do Goytacaz ser salvo pela verdadeira piscina que tinha na marca do pênalti. Erivélton fez excelente defesa após chute de Nardo, e no rebote Gilmax chutou água ao invés da bola, que também não saiu do lugar. Erivélton se jogou no lamaçal e segurou a bola.

O jogo continuava muito feio e só teríamos gol em alguma jogada individual. E foi o que aconteceu. Jean chutou forte, o goleiro deu rebote e Cafezinho completou de cabeça para virar o jogo pro Goytacaz: 2 a 1.

O Miguel Couto partiu desesperadamente para o ataque, mas chegava sem organização e pecava nas finalizações. Aos 40, Hamilton cometeu falta dura e provocou uma pequena confusão. Resultado: foi expulso. No finalzinho, aos 42, um lance incrível: cruzamento para a área e Erivélton afastou mal. No rebote, Carlão tocou de cabeça com estilo e a bola caprichosamente bateu no travessão. No rebote, Ernesto na pequena área cabeceou pra fora. Depois desse lance, o jogo não poderia terminar com outro resultado: Miguel Couto 1, Goytacaz 2.

O meia Leandro Leite foi mais um a criticar as condições do Marrentão: "Foi difícil. O campo hoje tava horrível, choveu bastante e foi difícil jogar. A gente superou as dificuldades, deu o máximo e graças a Deus conseguimos esta vitória. Temos agora uma semana pra trabalhar pra conseguir mais três pontos em casa contra o Sendas".

Leandro também gostou da presença da torcida: "essa torcida é maravilhosa. Todo jogo eles estão lá, dentro ou fora de casa, e dentro de campo nós vamos lutar sempre pra colocar de volta o Goytacaz na Primeira Divisão".

Veja as fotos da partida realizada no Estádio Marrentão. (Bernardo Mallet)

Miguel Couto 1-2 Goytacaz

Miguel Couto: Léo Moura, Júnior, William, Zé Ricardo e Rodrigo; Mauro, Nardo e Felipe (Pedro); Hugo, Gilmax e Carlão. Técnico: Edson Souza.
Goytacaz: Erivélton; Schneider (Marcos Basílio), João Carlos, Max e Hamilton; Flávio Pinto, Leandro Leite, Fábio Tenório (Cafezinho) e Rondinelli; Jean e Róbson (Índio). Técnico: Nei Silva.

Rodada da Terceirona 2009 (18 e 19.07)

O Rio Bonito acabou desistindo em cima da hora, e por isso tivemos "apenas" oito jogos nesta rodada de abertura da Terceirona 2009. Apesar disso, alguns gols, e a promessa de um campeonato bastante disputado.

- Grupo A:

Paraiba do Sul 0-2 Fenix
Barra Mansa 3-2 Real

- Grupo C:

Duquecaxiense 0-4 Barcelona
Leme 2-1 Serrano

- Grupo D:

Rubro 1-0 Marinho
Rio de Janeiro 0-0 Castelo Branco

- Grupo E:

Santa Cruz 1-2 União Central
Bela Vista 2-2 Juventus

Total de gols marcados nesta rodada: 22
Média de gols por jogo: 2,75


- Próxima rodada (25 de julho, 15:00):

- Grupo A:
Fenix x Três Rios, Estádio Raulino de Oliveira, Volta Redonda.
Real x Paraiba do Sul, Estádio Municipal, Angra dos Reis.

- Grupo C:
Barcelona x Arraial do Cabo, a indicar.
Serrano x Duquecaxiense, Estádio Atilio Marotti, Petrópolis.

- Grupo D:
Marinho x Heliópolis, Estádio Eustáquio Marques, Curicica.
Castelo Branco x Rubro, Estádio de Moça Bonita, Bangu.

- Grupo E:
União Central x Nilópolis, a indicar.
Juventus x Santa Cruz, Estádio João Francisco da Silva, Bangu.

Rodada da Segundona 2009 (16.07)

Foi dada a largada para a edição 2009 da Segundona de Juniores. Dez partidas movimentaram a rodada desta quinta (16). Aqui vai um resumo que fala sobre cada uma das partidas.

GRUPO A

Queimados 0-1 Artsul
Gol: Cristiano, 37 minutos do 1º tempo

Queimados: Jaime; Rafael (Hugo), Roberto, Jefferson e Éder; Rodrigo, Jorginho (Roberto), Diego (Fernando) e Thiago Abreu; Deni e Dudu. Técnico: Álvaro Queiroz.
Artsul: Márcio; Bruno, Carlos Vinícius e Róbson; Luiz Renato, Taércio, Fabio Barbosa, Cocada (Luan) e Cristiano (Jader); Maranhão (Eliel) e Gleisson. Técnico: Rogério Pina.


CFZ 0-0 São Cristóvão

CFZ: Flávio; Édson, Ricardo, Dão e Bruno Luiz; Nogueira (Roberto), Cassiano e Julinho; Elvinho, Tic (Tiago Fernandes) e Da Silva. Técnico: Caco Espinosa.
São Cristóvão: Anísio; Ananias (Baiano), Wendel, China e Vágner; Daniel, Castor, Moisés e Washington (Victor Boleta); Rafael (Rato) e Batata. Técnico: Dênis Miguel.


Riostrense 2-0 Profute
Gols:
Wellington, 36 minutos do 1º tempo
Carlos, 37 minutos do 2ºtempo

Riostrense: Jeferson; Everson, Diego Gava, Alexandre e Wellington (Cleverson); Rony, Rodrigo, Igor e Luã (Diego Araujo); Carlos e Mauro Cesar (Washington). Técnico: Jonas Silva.
Profute: Julio, Enio, Leo, Rudi e Vinicius; Carlos Alberto, Del, Chumbinho (Carlos Henrique) e Luiz (Edu); Wilson e Vando (Renan). Técnico: Getulio Diogo.


Quissamã 3-1 Cardoso Moreira
Gols:
Cleiton, 34 do 1º tempo (Quissamã)
Vitor, 44 do 1º tempo (Cardoso Moreira)
Bruno Reis, 18 minutos do 2º tempo (Quissamã)
Fred, 41 minutos do 2º tempo (Quissamã)

Quissamã: Espindula; Fred, Douglas, Foleti e Rodrigo; Amaral, Cleiton, Bruno Reis e Pipico (Vinicios); Fabricio (Ricardo) e Adão (Maranhão). Técnico: Paulo Henrique Souza.
Cardoso Moreira: Ramon; Antonio Carlos, Rogerio, Lili e Willian; Caboclo, Luis Gustavo (Fidelis), Junior e Tubarão; Vitor (Dionei) e Gean (Michel). Técnico: Isaac Lopes.


América 4-0 Bonsucesso
Gols:
Gerson, 5 minutos do 2º tempo
Têti, 7 minutos do 2º tempo
Luiz Antônio, 17 minutos do 2º tempo
Gerson, 25 minutos do 2º tempo

América: Luis Cetin; Tardelli, Ciro (Naílton), Luiz Antônio e Da Costa; Marcio, Fred, Rubens (Gerson) e Têti; Léo Itaperuna e Adriano (Diguinho). Técnico: Clovis de Oliveira.
Bonsucesso: Gustavo; Buiú, Vicente, Rodrigo (Victor Hugo) e Ratinho; Júlio César, Briano, Bruninho (Gil Bala) e Jonas Carioca; Maicon e Alan (Daniel). Técnico: Ronald Cabral.

- Um fato interessante ocorreu nesta partida. O goleiro Gustavo, do Bonsucesso, foi expulso no primeiro tempo. Mas a equipe do Bonsucesso não tinha um goleiro reserva. Desta forma, o treinador, Ronald Cabral, foi obrigado a colocar o atacante Gil Bala para ficar no gol. Gil Bala vestiu a camisa 1, e foi para debaixo das traves. O detalhe é que Gil Bala jogou no América, e é um dos grandes idolos da torcida. Tanto que saiu aplaudido por muitos torcedores que estavam em Edson Passos, e que lembravam de sua passagem pelo clube.



GRUPO B

Olaria 1-0 Miguel Couto
Gol: Araruama, 46 minutos do 2º tempo

Olaria: Ângelo; Ivan, Diego, Tinoco e Paulo Vincícius; David (Evandro), Araruama, Flamel (Renato) e Assumpção; Celso e Waldir (Juninho). Técnico: Amilton Oliveira.
Miguel Couto: Léo; Junior, William, Zé Ricardo e Rodrigo; Pedro (Mauro), Nardo, Felipe (Léo Freitas) e Gilmar (Ernesto); Carlão e Hugo. Técnico: Édson Souza.


Portuguesa 0-3 Sendas
Gols:
Serginho, 36 minutos do 1º tempo
Ricardinho, 38 minutos do 1º tempo
Denílson, 40 minutos do 1º tempo

Portuguesa: Marcos Leandro; Tiago, Francis, Renan e Alan; Noel, Beto, Renatinho e Guido (Digão); Tássio (Dimba) e Orlandinho (Alex Alves). Técnico: Marcelo Buarque.
Sendas: Cléber; Vinícius (Oliveira), Emerson, Rafael Donato e Ramon; Umberto, Ricardinho, Gustavo (Luis Fernando) e Ivan Jr. (Lucas Poli); Serginho e Denílson. Técnico: Waguinho Dias.


Angra dos Reis 0-0 Villa Rio

Angra dos Reis: Bruno; Junior (Mauricio), Marcio, Thiago e Marcelo; Haroldo, Roberto (Leonardo), Carlos Eduardo e Eder (Flavio); Felipe e Allan. Técnico: Floriano Neto.
Villa Rio: Marquinhos; Diego Cristiano (Bruno), Vandinho, Elton e Anderson; Ivo, Argeu (Hernandes), Leandro e Samuel; Vinicius (Renan) e Kiki. Técnico: Johnny Moreira.


Nova Iguaçu 4-0 Campo Grande
Gols:
Paulo Henrique, 17 minutos do 1º tempo
Zambi, 43 minutos do 1º tempo
Zambi, 5 minutos do 2ºtempo
Zambi, 19 minutos do 2º tempo

Nova Iguaçu: Henrique; Leonardo Silva, Juan, Naythor e Amarildo (Felipinho); Leonardo Luiz, Luan, Paulo Henrique (Rafael Soeiro) e Alex Faria; Zambi e Evandro (Fillipi). Técnico: Toninho Barroso.
Campo Grande: Igor; Gustavo, Cristiano, Paulo Roberto e Renan (Eric); Anderson, Fabio (Marcio), Humberto e Rafael; Borges e Wagner (Edvaldo). Técnico: Vilson Moraes.


Goytacaz 1-0 Aperibeense
Gol: Leandro Leite, 27 minutos do 2º tempo

Goytacaz: Fernando; Schneider, João Carlos, Max e Hamilton; Leandro Leite (Marcos Bazilio), Rondinelli (Gabriel Silva), Flavinho e Tenorio; Jean (Indio) e Robson. Técnico: Nei Silva.
Aperibeense: Leandro; Pablo (Sandrinho), Fernando, Everton e Danilo; Maranhao, Willian, Magal e Wallace; Huarlan (Alves) e Fabinho. Técnico: Beá.


- Artilheiros:

3 gols:
Zambi (Nova Iguaçu)

2 gols:
Gerson (América)

Gols marcados nesta rodada: 20
Média de gols por jogo: 2,00

- Classificação:

Grupo A
América 3 (Saldo de gols: 4)
Quissamã 3 (Saldo de gols: 2, 3 gols marcados)
Riostrense 3 (Saldo de gols: 2, 2 gols marcados)
Artsul 3 (Saldo de gols: 1)
CFZ 1
São Cristóvão 1
Queimados 0 (Saldo de gols: -1)
Cardoso Moreira 0 (Saldo de gols: -2, 1 gol marcado)
Profute 0 (Saldo de gols: -2, nenhum gol marcado)
Bonsucesso 0 (Saldo de gols: -4)

Grupo B
Nova Iguaçu 3 (Saldo de gols: 4)
Sendas 3 (Saldo de gols: 3)
Goytacaz 3 (Saldo de gols: 1, 1 gol marcado)
Olaria 3 (Saldo de gols: 1, 1 gol marcado)
Angra dos Reis 1
Villa Rio 1
Miguel Couto 0 (Saldo de gols: -1)
Aperibeense 0 (Saldo de gols: -1)
Portuguesa 0 (Saldo de gols: -3)
Campo Grande (Saldo de gols: -4)

- Próxima rodada (19 de julho, 15:00):

- Grupo A:
Profute x Queimados, Estádio Municipal, Itaborai.
Bonsucesso x Riostrense, Estádio Eucy Resende de Mendonça, Saquarema.
São Cristóvão x América, Estádio Figueira de Melo, São Cristóvão.
Cardoso Moreira x CFZ, Estádio Ferreirão, Cardoso Moreira.
Queimados x Quissamã, Estádio de Moça Bonita, Bangu.

- Grupo B:
Villa Rio x Portuguesa, Estádio Louzadão, Mesquita.
Campo Grande x Angra dos Reis, Estádio Luso-Brasileiro, Ilha do Governador.
Aperibeense x Nova Iguaçu, Estádio Brandão Filho, Aperibé.
Miguel Couto x Goytacaz, Estádio Marrentão, Xerém.
Sendas x Olaria, Estádio Arthur Sendas, São João de Meriti.

Olaria sofre, mas vence o Miguel Couto

(do Futebolestranho.com)

Por Anderson Sloth, Gabriel Andrezo e Bernardo Mallet
Em Olaria - RJ (estádio Mourão Filho)

Na tarde desta quinta-feira, o Olaria e Miguel Couto fizeram a sua estreia na Série B do Campeonato Carioca, na Rua Bariri. O Olaria venceu pela contagem mínima. A partida controu com a presença do treinador da seleção da África do Sul, Joel Santana. Veja como foi o jogo no estádio Mourão Filho.


Jogadores do Olaria comemoram o tardio gol de Araruama, para a equipe da casa
(Foto: Bernardo Mallet)


O JOGO
No primeiro tempo, as duas equipes se estudavam bastante e pouco chegavam à área adversária. Como jogava em casa, o Olaria começou a ousar mais na partida e perdia algumas oportunidades de gol, principalmente com o atacante Celso. A principal arma do Miguel Couto eram os contra-ataques, mas nenhuma das duas equipes conseguiu abrir o placar no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Olaria voltou mais ofensivo e pressionava bastante a equipe de Nova Iguaçu, que mantinha a estratégia de contra-ataque, dessa vez com muito mais perigo do que na primeira etapa, principalmente com o atacante Carlão. O Olaria quase que abre o placar com Celso, mas o atacante isolou a bola dentro da área. Aí quem começou a brilhar foi o goleiro Léo, que fez brilhantes defesas, a melhor delas foi numa cabeçada de Tinoco. De tanto insistir, aos 46, Araruama arriscou da intermediária e acertou o ângulo do goleiro Léo, que nada pode fazer nesse lance, a bola ainda bateu na trave antes de entrar. E esse foi o placar final: Olaria 1x0 Miguel Couto.

Na próxima rodada, no domingo, o Olaria vai até São João de Meriti, na famosa Sendolândia, para enfrentar o Sendas, que goleou a Portuguesa, fora de casa, por 3x0 e o Miguel Couto recebe, no Marrentão, em Xerém, o Goytacaz, que venceu o Aperibeense, em Campos, por 1x0.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DE OLARIA 1x0 MIGUEL COUTO

Olaria 1 x 0 Miguel Couto
Local: Rua Bariri, Olaria, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Márcio Mendes Cabral (RJ)
Assistentes: Luiz Felipe Costa (RJ) e Juan Silva Araújo (RJ)
Cartões amarelos: Araruama e Tinoco (OLA); Nardo, Felipe, Carlão e Mauro (MIG)
Gol: Araruama 46'2ºT (1-0)

Olaria: Ângelo; Ivan, Diego, Tinoco e Paulo Vincícius; David (Evandro), Araruama, Flamel (Renato) e Assumpção; Celso e Waldir (Juninho). Técnico: Amilton Oliveira

Miguel Couto: Léo; Junior, William, Zé Ricardo e Rodrigo; Pedro (Mauro), Nardo, Felipe (Léo Freitas) e Gilmar (Ernesto); Carlão e Hugo. Técnico: Édson Souza

Artsul vence Queimados, no primeiro jogo da Segundona

(do Futebolestranho.com)

Por Vitor Costa, Gabriel Andrezo e Anderson Sloth
Em Xerém – RJ (estádio Romário de Souza Faria)

Na manhã desta quinta-feira, Queimados e Artsul abriram o Campeonato Carioca da Série B no estádio Romário de Souza Faria, o Marrentão, em Duque de Caxias. Melhor para o Tricolor da Dutra, que venceu por 1 a 0, com um time formado com jogadores do time vice-campeão de juniores. O Futebol Estranho esteve presente no estádio e nossos repórteres trazem a você um resumo do jogo, a ficha técnica, entrevista dos jogadores, galeria de imagens e o gol da partida.


Goleiro Jaime, do Queimados, se esforça para fazer uma bela defesa, depois de um escanteio.
(Foto: Bernardo Mallet)


O JOGO
A partida era no Marrentão, mando de campo do Queimados, mas parecia que o Artsul jogava em casa. O tricolor mandou no jogo e teve as melhores oportunidades. Logo aos 11 minutos, Maranhão recebeu dentro da área e assustou o goleiro Jaime. Dois minutos depois, foi a vez de Taércio arriscar e mandar pra fora. O Artsul até chegou ao gol, com o zagueiro Róbson de cabeça. Porém, o gol foi anulado pela bandeira Andréia Izaura Maffra de Sá.

A partida contou com uma novidade implantada pela federação. Exatamente aos 20 minutos de jogo tivemos a chamada “Parada Técnica”, onde o jogo foi paralizado por três minutos e os jogadores foram se hidratar e receber instruções de seus técnicos.

Passada a parada técnica, o jogo continuou no mesmo ritmo. O Artsul continuou dominando o jogo e controlava todas as ações da partida. De tanto pressionar, aos 37 minutos o Artsul chegou ao gol, com o lateral-esquerdo Cristiano completando de cabeça, no ângulo do goleiro Jaime. O Queimados só chegou no primeiro tempo aos 38, em uma cabeçada de Dudu que ficou nas mãos do goleiro Márcio. E assim terminou o primeiro tempo.

Na segunda etapa o Queimados veio com a obrigação de reverter o resultado. Aos onze minutos, o atacante Gleisson, do Artsul, cometeu falta duríssima e foi expulso. O atacante saiu muito irritado e socando o alambrado do estádio. Mesmo com um a mais, o time queimadense não soube transformar a vantagem em gols. O melhor lance do Queimados ocorreu aos 27 minutos. Cruzamento da direita e Dudu, de bicicleta, completou para o gol e a bola bateu na trave. Aos 36, mais uma bola na trave, com Thiago Abreu após jogada individual.

O fato mais inusitado da partida ocorreu aos 40 minutos. Sem jogadores suficientes inscritos na competição, o Queimados foi com apenas dois jogadores e o goleiro Fernando no banco de reservas. Como já tinha utilizado os outros dois atletas, o técnico Álvaro Queiroz foi obrigado a improvisar o goleiro Fernando na linha. O Queimados apostou na bola aérea pra tentar tirar algum proveito da substituição “diferente”. Porém, de nada adiantou, e o Artsul venceu o jogo por 1 a 0.

O atacante Dudu, ex-Duque de Caxias, avaliou a estréia do Queimados: “poderia ter sido melhor, com a vitória ou até mesmo o empate. O projeto que está sendo feito está sendo concluído com bastante êxito e precisamos trabalhar agora pro jogo domingo”. Sobre a bicicleta dada no segundo tempo, o atacante completou: “a gente busca fazer o gol, não importa de que jeito seja. A bicicleta foi realmente bonita, só faltou entrar”.

Pelo lado do Artsul, o lateral Cristiano, autor do primeiro gol do Carioca da Série B, gostou da estréia da equipe após os problemas internos e destacou a qualidade dos jogadores que estavam no time de juniores: “pra gente que veio dos juniores é bom, né, tivemos o problema com os patrocinadores do futebol profissional e saíram a maioria dos jogadores, e hoje a gente que saiu do júnior fez a diferença. Eu vim do júnior, joguei o campeonato todo, e acabei fazendo o gol hoje. O mesmo bom campeonato que a gente fez no júnior pretendemos fazer no profissional, e os meninos que subiram dos juniores tem qualidade suficiente para isso”.

O meia Cocada também falou sobre a vitória: “a estréia não poderia ser melhor. Conseguimos os três pontos, mas a gente sabia que o jogo ia ser duro, nesse campo ruim e com o time do queimados marcando muito. A gente ainda teve um jogador expulso, o que dificultou ainda mais, mas graças a Deus conseguimos segurar o resultado positivo até o final do jogo. Agora é buscar a vitória no domingo, em casa, onde temos toda a situação para conseguir os três pontos.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DA PARTIDA (por Bernardo Mallet)

VEJA O GOL E ALGUNS LANCES DA PARTIDA (vídeo por Vitor Costa)

Queimados 0x1 Artsul
Local: Estádio Marrentão, em Duque de Caxias (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhães de Miranda
Cartões amarelos: Jaime e Rafael (Queimados); Taércio (Artsul)
Cartões vermelhos: Gleisson (Artsul)

Queimados: Jaime; Rafael (Hugo), Roberto, Jefferson e Éder; Rodrigo, Jorginho (Roberto), Diego (Fernando) e Thiago Abreu; Deni e Dudu. Técnico: Álvaro Queiroz.

Artsul: Márcio; Bruno, Carlos Vinícius e Róbson; Luiz Renato, Taércio, Fabio Barbosa, Cocada (Luan) e Cristiano (Jader); Maranhão (Eliel) e Gleisson. Técnico: Rogério Pina.

Jogos da 1ª Rodada - 2ª e 3ª Divisões

2a Divisão (quinta, 16 de julho)

- Grupo A:

Queimados x Artsul, Marrentão, Xerém (10:00)
Riostrense x Profute, Alair Correa, Cabo Frio (15:00)
CFZ x São Cristóvão, Estádio Antunes, Recreio (15:00)
Quissamã x Cardoso Moreira, Carneirão, Quissamã (15:00)
América x Bonsucesso, Giulite Coutinho, Edson Passos (20:00)

- Grupo B:

Portuguesa x Sendas, Luso-Brasileiro, Ilha do Governador (15:00)
Angra dos Reis x Villa Rio, Estadio Municipal, Angra dos Reis (15:00)
Nova Iguaçu x Campo Grande, Laranjão, Nova Iguaçu (15:00)
Goytacaz x Aperibeense, Ary de Oliveira e Souza, Campos (15:00)
Olaria x Miguel Couto, Rua Bariri, Olaria (15:00)


3ª Divisão (sábado, 18 de julho, 15:00)

- Grupo A:

Paraíba do Sul x Fênix, Estadio do Vila Nova, Paraíba do Sul
Barra Mansa x Real, Leão do Sul, Barra Mansa

- Grupo C:

Duquecaxiense x Barcelona, Telezao, Duque de Caxias
Leme x Serrano, Aloisio Rodrigues de Lima, Sao Gonçalo

- Grupo D:

Rubro x Marinho, Moça Bonita, Bangu
Rio de Janeiro x Castelo Branco, Marrentão, Xerém

- Grupo E:

Santa Cruz x União Central, Eustáquio Marques, Curicica
Bela Vista x Juventus, Aloísio Rodrigues de Lima, São Gonçalo (19/07, 15:00)

OBS.: Os jogos do Grupo B foram adiados, devido a desistência do Rio Bonito. Dessa forma, os jogos da 1ª rodada do grupo vão acontecer em 1 de agosto (sábado): Esprof x Rio das Ostras, e Sampaio Correa x Independente.

3ª Divisão do Carioca: União Central

Para fechar o Especial sobre os clubes que disputarão a Terceirona Carioca, vamos falar do União Central, de Vila Valqueire.

- Um pouco de história:

O clube foi fundado em 1986. Em 1993, foi campeão do Departamento de Futebol Amador da FERJ. No ano de 1995, o União estreou no profissionalismo, na Terceira Divisão. Depois de um ano de licença, faz uma campanha ruim na Quarta Divisão, em 1997. Em 1999, campanha fraca na Terceirona. No ano 2000, conquista o vice na Quarta Divisão.

Em 2001 e 2003, duas péssimas campanhas na Terceira Divisão. Um ano depois, uma campanha um pouco melhor, mas nada alem da segunda fase.

- O clube, atualmente:

Neste ano, o União Central foi vendido para um grupo de investidores, que busca construir um estádio próprio para o clube. Outra intenção da nova direção é levar o clube para a Primeira Divisão.

UNIAO CENTRAL FUTEBOL CLUBE
Fundado em 14/04/1986
Sede: Rua Bore, 67, Vila Valqueire, Rio de Janeiro.
Telefone: 21 7841-9434
Site: -
E-mail: -
Presidente: Jose Renato de Oliveira
Cores: azul e amarelo

Estádio: não divulgado

3ª Divisão do Carioca: Três Rios

O América e o Entrerriense foram, até poucos anos atrás, as grandes referencias no futebol da cidade. No entanto, com a inatividade destes dois clubes, surge o Três Rios. Falaremos dele agora.

- Um pouco de história:

Estréia na Terceirona em 2003. O clube vai longe, ate a terceira fase, mas não consegue ir mais adiante. No ano de 2004, o clube entra com um pedido de licença, e volta apenas neste ano de 2009.

- O clube, atualmente:

Neste ano, o Três Rios volta a disputar a Terceira Divisão. O clube montou uma parceria de troca de jogadores, com o Fluminense. O Três Rios manda seus jogos no estádio do Entrerriense.


TRES RIOS FUTEBOL CLUBE
Fundado em 30/04/2003
Sede: Avenida Castro Alves, 10, Portão Vermelho, Três Rios.
Telefone: 24 2251-7400
Site: -
E-mail: -
Presidente: Ronaldo Rodrigues do Amaral
Cores: verde, vermelho e branco

Estádio: Odair Gama (pertence ao Entrerriense)
Capacidade: 10.000 pessoas
Endereço: Rua Carlos Ribas, 89, Três Rios.

3ª Divisão do Carioca: Serrano

A Serra de Petrópolis é conhecida por seu clima frio, mas tambem tem um outro atrativo: o futebol. Lá se encontra o Serrano, clube que acaba de ser rebaixado, e que tenta se reerguer.

- Um pouco de história:

O clube, fundado em 1915, foi duas vezes campeão fluminense, em 1925 e 1945. Alem de ter conquistado por doze vezes o Torneio Municipal. Em 1980, o Serrano esteve na Primeira Divisão do Carioca, conquistando uma histórica vitória sobre o Flamengo, por 1-0. Neste jogo, o Flamengo perdeu a chance de se tornar tetracampeão carioca, pela primeira vez em sua história.

Em 1992 e 1999, foi campeão da Segundona Carioca. Nos últimos anos, as campanhas na Segundona foram sofríveis. Em 2005, 2006 e 2008, o clube ficou na lanterna, e acabou caindo no ano passado.

- O clube, atualmente:

Depois de ter caído, o Serrano quer buscar a recuperação. Jogando suas partidas em casa, o time que revelou o goleiro Acácio para o futebol brasileiro, confia em muitos jovens jogadores para lograr sucesso nesta Terceirona.

SERRANO FOOTBALL CLUB
Fundado em 29/06/1915
Sede: Rua Madre Francisca Pia, 400, Quarteirão Ingelhein, Petrópolis.
Telefone: 24 2237-5734
Site: -
E-mail: paulocatramby@terra.com.br
Apelido: Leão da Serra
Fornecedor: Spozer
Patrocinador: Charles Rodas e Pneus
Presidente: Alexandre Beck
Cores: azul e branco

Estádio: Atílio Marotti (próprio)
Capacidade: 10.000 pessoas
Endereço: Rua Madre Francisca Pia, 400, Quarteirão Ingelhein, Petrópolis.
Dimensões do campo: 106 x 70

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 65km (cerca de 1 hora, pela Rodovia Washington Luiz)
Distancia do Centro de Petrópolis: 2,5km (cerca de 5 minutos)
Ônibus: Campo do Serrano e Candido Portinari
(Foto: Google Maps)

3ª Divisão do Carioca: Santa Cruz

Finalmente um clube da Zona Oeste! De um dos bairros mais longínquos da cidade, vem o jovem Santa Cruz.

- Um pouco de história (O clube, atualmente:)

O clube surgiu em 2007, mas se filiou a FERJ recentemente, estreando, portanto, na Terceira Divisão neste ano de 2009. O clube tem um moderno Centro de Treinamento no bairro de Santa Cruz, mas vai mandar seu primeiro jogo em Jacarepaguá.


SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE
Fundado em 01/10/2007
Sede: Rua Ararangua, 165, Cosmos, Rio de Janeiro.
Telefone: 21 2409-1400
Site: www.santacruzfutebolclube.com.br
E-mail: contato@santacruzfutebolclube.com.br
Presidente: Reinaldo Heitor Frez Filho
Cores: verde e branco

Estádio: Eustáquio Marques (pertence ao Estácio)
Capacidade: 2.000 pessoas
Endereço: Rua André Rocha, 5201, Curicica, Jacarepaguá.
Dimensões do campo: 102 x 71

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 25km (cerca de 40 minutos, pela Linha Amarela)
Ônibus: 269

3ª Divisão do Carioca: Sampaio Correa

Mais um clube da Região dos Lagos. Agora, falaremos do Sampaio Correa, clube do bairro do mesmo nome, em Saquarema.

- Um pouco de história:

Já em seu primeiro ano de profissionalismo, disputou a Terceira Divisão de Profissionais. Terminou em sexto, quase subindo. Em 2007, não chegou tão longe, com uma campanha ainda razoável. Em 2008, mais longe ainda: até a terceira fase, mas não houve o acesso, pelo menos até agora.

- O clube, atualmente:

O Sampaio quer acabar com a síndrome do “quase”, e classificar-se logo para a Segundona. Por não ter um estádio próprio, joga no estádio Eucy Resende, na própria cidade de Saquarema.


SAMPAIO CORREA FUTEBOL E ESPORTE
Fundado em 20/02/2006
Sede: Rodovia Amaral Peixoto, km 53, loja 05, Sampaio Correa, Saquarema
Telefone: 22 2654-2346
Site: www.sampaiocorreafe.com.br
E-mail: klebermurilo@yahoo.com.br
Presidente: Ronan Carvalho de Almeida
Cores: azul, amarelo e branco

Estádio: Eucy Resende de Mendonça (pertence ao Boavista)
Capacidade: 10.000 pessoas
Endereço: Rua Capitão Nunes, 575, Bacaxá, Saquarema.
Dimensões do campo: 105 x 70

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 95km (cerca de 1 hora e meia, pela Rodovia Amaral Peixoto)
Distancia do Centro de Saquarema: 7km (cerca de 10 minutos)
Ônibus: Saquarema – Centro
(Foto: Google Maps)

3ª Divisão do Carioca: Real

Mais um dos clubes da Região dos Lagos, e mais um clube que não é tão jovem quanto seus companheiros de Terceirona. Este é o Real, de Angra dos Reis.

- Um pouco de história:

Disputou diversas vezes a liga amadora de Angra, mas se profissionalizou em 1993. Na Segundona daquele ano, termina em oitavo. Depois de uma licença em 94, retorna em 95, já na Terceirona. O clube acaba chegando bem longe, perdendo a final para o Lucas. No ano seguinte, mais um vice, dessa vez para o Tio Sam, de Niterói.

- O clube, atualmente:

O Departamento de Futebol voltou a ser ativado depois de treze anos, na tentativa de repetir o sucesso dos poucos anos em que o clube disputou a Terceira Divisão. Se lograr mais uma vez a segunda posição, como nas duas ultimas participações, conquista o acesso, e chega para a disputa da Segundona em quase 20 anos.


REAL ESPORTE CLUBE
Fundado em 17/07/1968
Sede: Rua do Campo, s/n, Japuiba, Angra dos Reis
Telefone: 24 3365-2602
Site: -
E-mail: caliompinto@bol.com.br
Apelido: Tricolor do Japuíba
Presidente: Benedito Bento Guimarães
Cores: verde, vermelho e branco

Estádio: Municipal Jair Toscano de Brito (pertence a Prefeitura de Angra dos Reis)
Capacidade: 3.000 pessoas
Endereço: Rua Prefeito João Galindo, Japuíba, Angra dos Reis.

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 150km (cerca de 2 horas e meia, pela Rodovia Rio-Santos)
Distancia do Centro de Angra: 8km (cerca de 15 minutos, pela Rodovia Rio-Santos)

2ª Divisão do Carioca: Villa Rio

Para fechar os clubes da Segunda Divisão, tratemos de um clube da Barra da Tijuca. Este é o Villa Rio.

- Um pouco de história:

Depois da fundação, o clube estreou na Terceira Divisão em 2005. Fica entre os oito, mas acaba eliminado. Em 2006, recebe o convite de disputar a Segundona. Não consegue ir muito longe, mas o suficiente para se manter na mesma divisão. Em 2007, chega longe, até a terceira fase, mas não avança para a final.

Em 2008, o Villa esteve muito perto de cair, chegou a ficar no grupo dos 4 últimos, mas se salva por pouco.

- O clube, atualmente:

Apesar da sede ser na Barra, o clube treina em Resende, no Estádio do Trabalhador. No entanto, os jogos nessa Terceirona serão em Mesquita, no Estádio Louzadão. O time, por sua vez, é formado, primordialmente, por jogadores que vieram dos juniores. Argeu, que já passou pelo América, e Anderson, volante que passou pelo Olaria, são alguns dos nomes mais conhecidos.


VILLA RIO FUTEBOL CLUBE
Fundado em 10/04/2004
Sede: Avenida das Américas, 4200, Bloco 1, Sala 601, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
Telefone: 21 2199-8500
Site: www.villario.com.br
E-mail: contato@villario.com.br
Patrocinador: Ability Sports Group
Presidente: Álvaro Campos de Souza
Cores: verde e branco

Estádio: Nielsen Louzada – Louzadão (pertence ao Mesquita)
Capacidade: 5.000 pessoas
Endereço: Rua Zeferino, 1111, Vila Emil, Mesquita.

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 35km (cerca de 35 minutos, pela Linha Vermelha e Via Dutra)
Distancia do Centro do Mesquita: 2km (cerca de 5 minutos)
Ônibus: 005 (Praça Mauá – Mesquita, via Banco de Areia)
Trem: Estação de Mesquita – Ramal de Japeri (o estádio fica a cerca de 600m da estação)
(Foto: Google Maps)

3ª Divisão do Carioca: Rubro

Um clube relativamente jovem, mas com alguma experiência em campeonatos das divisões inferiores do Campeonato Carioca. Representando a cidade de Araruama, este é o Rubro.

- Um pouco de história:

O Rubro Atlético Clube surgiu em 1954, e a partir da fusão com o Clube de Xadrez, formou-se o Rubro Social, em 1991. Ainda como Rubro Atlético, estréia na Segundona em 1979. Em 1981, é o vice da Terceirona. Entre 1983 e 1990, disputa a Segunda Divisão. Licencia-se em 1991, para retornar em 1994, na Terceira Divisão, já como Rubro Social.

No ano de 1995, joga a Segunda Divisão, mas não obtem sucesso. Em 2000, fica entre os oito melhores. No ano seguinte, ganha uma das vagas para a segunda fase. Em 2004, acaba ficando na primeira fase, mas em 2005, fica mais uma vez com o vice da Terceirona, garantindo o acesso para a Segundona.

Em 2007, acaba sendo rebaixado, por ter sido o lanterna da Segundona. Em 2008, começa bem, mas logo acaba eliminado.

- O clube, atualmente:

O clube já não tem mais seu estádio, o Mario Castanho. O Guanabara Esporte Clube (atualmente licenciado da Segunda Divisão) ganhou a posse do estádio, por leilão, em 2005. Com isso, o Rubro joga em Moça Bonita, seus jogos na Terceira Divisão.


RUBRO SOCIAL ESPORTE CLUBE
Fundado em 30/08/1991
Sede: Rodovia Amaral Peixoto, km 85, Araruama.
Telefone: 21 3155-8642
Site: -
E-mail: wcanazaro@gmail.com
Presidente: Helio Sarres Junior
Cores: vermelho, preto e branco

Estádio: Proletario Guilherme da Silveira - Moça Bonita (Pertence ao Bangu)
Capacidade: 12.000 pessoas
Endereço: Rua Sul América, 950, Bangu, Rio de Janeiro.
Como chegar:
Distancia do centro do Rio: 40km (cerca de 40 minutos, pela Avenida Brasil)
Ônibus: 392, 689, 741, 800 e 942
Trem: Estação de Guilherme da Silveira - Ramais de Campo Grande e Santa Cruz (o estádio fica a cerca de 200m da estação)
(Foto: Google Maps)

2ª Divisão do Carioca: Sendas

Um clube empresa, com uma meta de ação social. Assim surgiu o Sendas, clube que joga atualmente a Segundona do Carioca.

- Um pouco de história:

O Sendas foi fundado há quatro anos, em São João de Meriti. O clube leva esse nome, já que pertence aos supermercados de mesmo nome. No inicio, era algo voltado apenas para as categorias de base. Mas, com o passar do tempo, a idéia se estendeu para o futebol profissional.

Em 2007, o clube jogou a Terceira Divisão pela primeira vez. Já nesta oportunidade, conquistou o titulo. No ano seguinte, não faz uma boa Segundona, mas consegue se manter. No ano de 2009, conquista um honroso terceiro lugar na Copa Rio, alem de ter o artilheiro da competição. Já nos Juniores, o Sendas conquistou a Segunda Divisão, ao vencer o Artsul na decisão.

- O clube, atualmente:

Após a 3ª posição na Copa Rio, existe uma grande empolgação para a performance da equipe na Segunda Divisão. Vieram alguns reforços, como o goleiro Cleber e o meia Marcio Gomes (ambos do Resende), e o atacante Castro, que veio do Pão de Açúcar, de São Paulo.


SENDAS PAO DE AÇUCAR ESPORTE CLUBE
Fundado em 08/05/2005
Sede: Rua João Antonio Sendas, 341, Jardim Bonifácio, São João de Meriti.
Telefone: 21 3752-3760
Site: -
E-mail: fernando.solleiro@grupopaodeacucar.com.br
Apelido: Laranja Meritiense
Fornecedor: Nike
Patrocinador: Sendas
Presidente: Fernando Enes Solleiro
Cores: laranja, verde e branco

Estádio: Arthur Sendas (Sendolândia)
Capacidade: 4.000 pessoas

3ª Divisão do Carioca: CF Rio de Janeiro

Um clube que leva o nome do estado, mas que não é da capital, o Rio de Janeiro representa Magé na Terceirona.

- Um pouco de história:

Apesar de disputar as competições de base desde a década de 90, mas o profissionalismo veio em 2002. O clube nunca conseguiu um acesso, mas neste ano já conquistou a Terceira Divisão de Juniores.

- O clube, atualmente:

O clube está na tentativa de repetir nos Profissionais o sucesso dos Juniores. Para isso, os jogadores campeões com os juniores jogarão na equipe profissional neste campeonato. O clube manda seus jogos em Magé.


CLUBE DE FUTEBOL RIO DE JANEIRO
Fundado em 02/08/2001
Sede: Estrada Municipal, 959, Piabetá, Magé.
Telefone: 21 3655-4055
Site: -
E-mail: cfriodejaneiro@ig.com.br
Presidente: Enio Ricardo Farias
Cores: verde, amarelo e branco

Estádio: Mario Nunes Branco (pertence ao União Central)
Capacidade: 5.000 pessoas

Endereço: Avenida Roberto Silveira, s/n – Piabetá, Magé.
Distância do centro do Rio: 47km (cerca de 50 minutos, pela Linha Vermelha, Rodovia Washington Luiz e Via Dutra)
Distância do centro de Magé: 25km (cerca de 30 minutos, pela Via Dutra)

domingo, 19 de julho de 2009

2ª Divisão do Carioca: São Cristóvão

Dos clubes do Campeonato Estadual, é o mais antigo. Com mais de 110 anos de história, o São Cristóvão tenta voltar aos dias de gloria, como em 1926, seu único titulo carioca em todos os tempos.

- Um pouco de história:

Surgiu da fusão entre o São Cristóvão Athletic Club e o Clube de Regatas São Cristóvão, nome original de batismo do clube cadete. Foi campeão quatro vezes do Torneio Inicio, a primeira vez em 1918. No ano de 1926, veio o titulo carioca, o único até hoje. Foi vice do Torneio Municipal de 1938, mas venceu em 1943, em plena Segunda Guerra Mundial, derrotando o Fluminense.

Em 1951, mais uma posição digna, a terceira. No ano de 1965, foi o campeão da Segunda Divisão, tambem pela única vez. Dez anos depois, conseguiu uma histórica vitória sobre o Flamengo, no Maracanã, em jogo que é lembrado até hoje pelos mais antigos torcedores. Perdendo por 2-0, os Cadetes viraram o jogo e venceram.

No ano de 1982, quase veio o segundo titulo da Segundona, mas a equipe acabou ficando mesmo com o vice. Em 1998, mais um vice, o ultimo deles, alias: o da Copa Rio, perdida para o Fluminense.

- O clube, atualmente:

O treinador Denis Miguel teve problemas durante os preparativos, que começaram muito tarde. Entre alguns dos destaques, o meia Luis Carlos, o zagueiro Baiano, o meio-campo Ratinho, que era da Portuguesa, e o lateral esquerdo Victor Boleta, que passou por Vasco da Gama e Madureira.


SÃO CRISTOVAO FUTEBOL E REGATAS
Fundado em 12/10/1898
Sede: Rua Figueira de Melo, 200, São Cristóvão, Rio de Janeiro.
Telefone: 21 2589-0559
Site: www.saocristovaofr.com.br
E-mail: -
Apelido: Cadete
Presidente: Alfredo Maciel Filho
Cores: branco e preto

Estádio: Figueira de Melo (próprio)
Capacidade: 3.000 pessoas
Endereço: Rua Figueira de Melo, 200, São Cristóvão, Rio de Janeiro.
Dimensões de campo: 101 x 66

Como chegar:
Distancia do Centro do Rio: 2km (menos de 5 minutos)
Ônibus: 312, 472, 474
Trem: Estação Praça da Bandeira (antiga estaçao Lauro Muller) – Ramal de Campo Grande (o estádio fica a cerca de 600m da estação)
(Foto: Google Maps)

3ª Divisão do Carioca: Rio das Ostras

A cidade de Rio das Ostras tem outro representante, que não o Riostrense. Este é mais antigo, e leva o nome da cidade: o Rio das Ostras Futebol Clube:

- Um pouco de história:

O clube foi fundado no começo da década de 60. Naquele momento, disputava apenas as ligas amadoras da Federação. Em 1978, o clube se profissionalizou, e disputou a Segundona do Rio de Janeiro. Em 1981, jogou a Terceirona, bem como em 84, 87, 88 e 89. No último ano, foi campeão da Terceira Divisão.

Após um ano na Segundona, disputa a Terceira e, 91, 92 e 94. depois de um pedido de licença em 1995, retorna em 1998, com uma fraca campanha na Terceirona. Depois de mais um ano afastado, volta em 2000, e fica na terceira posição. Em 2001, é vice da Terceirona, perdendo para o Rio Branco na final.

O acesso não vinha, mas estava sempre perto. Em 2002 e 2003, o time caiu nas semifinais. Em 2004, novo pedido de licença. De lá para cá, jogou apenas em 2006.

- O clube, atualmente:

O time da Região dos Lagos quer surpreender nesta Terceirona. Depois de quase 20 anos sem avançar para a Segundona, o clube quer acabar com esse tabu.


RIO DAS OSTRAS FUTEBOL CLUBE
Fundado em 01/01/1960
Sede: Alameda Casimiro de Abreu, 366, Nova Esperança, Rio das Ostras.
Telefone: 22 2764-3545
Site: www.riodasostrasfutebolclube.com.br
E-mail: contato@rofc.com.br
Presidente: Miguel Bernardino Rodrigues
Cores: preto e branco

Estádio: Gilberto Mendonça dos Santos – Ostrão (pertence a Prefeitura de Rio das Ostras)
Capacidade: 800 pessoas
Dimensões do campo: 94 x 60

2ª Divisão do Carioca: Riostrense

Mais um clube que mudou de nome. Antes era o Silva Jardim, mas agora mudou de cidade, e passou a ser o Riostrense.

- Um pouco de história:

O Silva Jardim foi fundado no ano de 2006. Logo no mesmo ano, disputou a Terceira Divisão, e ficou na segunda posição. Com isso, conseguiu subir para a Segunda Divisão. No ano seguinte, uma campanha ruim pela Segundona, e o acesso não veio. Pelo contrário, o clube quase caiu. Em 2008, o Silva Jardim disputou as duas primeiras fases, mas nada alem disso.

- O clube, atualmente:

O Departamento de Futebol do clube se transferiu para Rio das Ostras no começo do ano, pois a Prefeitura de Silva Jardim ia deixar de apoiar o clube com investimentos. Assim, os empresários resolveram formar um novo clube, inclusive com mudança de sede.


RIOSTRENSE ESPORTE CLUBE (SILVA JARDIM FUTEBOL CLUBE)
Fundado em 22/06/2006
Sede: não divulgado
Presidente: Uberlan de Oliveira Mira

Estádio: Julieta Carvalho Vianna
Capacidade: 4.000 pessoas