Menu - Clubes

1ª Divisão: América - Americano - Bangu - Boavista - Duque de Caxias - Friburguense - Macaé - Madureira - Olaria - Resende - Tigres - Volta Redonda
2ª Divisão: Angra dos Reis - Artsul - Bonsucesso - Cabofriense - Céres - CFZ - Fênix - Goytacaz - Itaperuna - Mesquita - Nova Iguaçu - Portuguesa - Profute - Quissamã - Rio das Ostras - Sampaio Corrêa - São Cristóvão - Sendas
3ª Divisão: AD Itaboraí - América de Três Rios - Atlético Rio - Barcelona - Barra Mansa - Bela Vista - Bréscia - Campo Grande - Canto do Rio - Castelo Branco - CF Rio de Janeiro - Duquecaxiense - Esprof - Futuro Bem Próximo - Heliópolis - Juventus - Kaiserburg - Leme - Mangaratibense - Marinho - Nilópolis - Nova Cidade - Paraíba do Sul - Rio-São Paulo - Associação Riostrense - Rubro - São João da Barra - Serra Macaense - Tanguá - Três Rios - União Central - Vassouras - Villa Rio

- Licenciados:
2ª Divisão: Aperibeense - Cardoso Moreira - Estácio - Floresta - Guanabara - Miguel Couto - Rio Branco - Teresópolis
3ª Divisão: Arraial do Cabo - Casimiro de Abreu - Condor - Deportivo La Coruña Brasil - Entrerriense - Italva - Paduano - Real Angra - Rio Bonito - Riostrense EC - Santa Cruz - São José - Semeando Cidadania - Serrano - Tomazinho - União de Marechal Hermes - Várzea
Outros: Anchieta - Apollo - Barra (Teresópolis) - Barra da Tijuca - Bayer - Cachoeiras - Central (Barra do Piraí) - Coelho da Rocha - Colúmbia - Cosmos - Diana - Everest - Faissal - Iguaçu - Japeri - Lucas - Maricá - Miguel de Vassouras - Nova Friburgo - Pavunense - EC Resende - Royal - Rodoviário - Saquarema - Teresópolis EC - Tupy (Paracambi) - União Nacional - Vera Cruz

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Macaé sai da lama e vence a primeira

Gedeil (5), do Macaé, vai para cima da marcação de um adversário
(Foto: Gabriel Andrezo)


Gabriel Andrezo
(Em Xerém - RJ)

O Macaé, finalmente, conseguiu sua primeira vitória no Carioca. E ela foi conquistada numa virada imponente sobre o Tigres, e que teve o dedo do treinador Toninho Andrade: 2 a 1, em pleno Los Larios. Agora, o time de Caxias é o lanterna, e o clube litorâneo é quem ocupa a penúltima posição.

O JOGO
A partida começou melhor para o Tigres, que aos 10 minutos teve seu primeiro lance de perigo. Gilcimar invadiu a área pela esquerda, mas chutou em cima do goleiro Jefferson. Quatro minutos depois, os visitantes responderam. Bill bateu forte, da entrada da área, e o goleiro Marcos Paulo fez bonita defesa. Aos 16, nova investida dos donos da casa, quando Oziel bateu cruzado, e a bola passou raspando a trave direita do goleiro macaense.

Ainda na primeira etapa, o Tigres ameaçava mais ainda. Aos 31, Vander cruzou da direita e Gilcimar cabeceou para excelente defesa de Jefferson, que jogou a escanteio. A pequena torcida presente ao Los Larios finalmente soltou o grito de gol aos 38. Gilcimar ganhou jogada de linha de fundo pela direita, e bateu na saída de Jefferson; a bola bateu na trave e entrou: Tigres 1 a 0.

Na segunda etapa, o jogo mudaria totalmente. O técnico do Macaé, Toninho Andrade, tirou Otávio para colocar Laio, e ainda pôs no jogo Léo Santos, outro atacante, no lugar de Fernandão. A estratégia de ir para o tudo ou nada deu muito certo. Já aos 6, o Macaé igualou o marcador: Léo Santos, após uma bate-rebate na área, girou e bateu para o gol, vencendo Marcos Paulo: 1 a 1.

No minuto seguinte, Gilcimar invadiu a área, e poderia ter dado a vantagem para o Tigres novamente, mas chutou fraco, direto nas mãos de Jefferson. Ganhando terreno e posse de bola, o Macaé também adquiriu confiança, e fez sua pequena torcida presente no estádio vibrar, aos 21. Léo Santos cruzou da direita e André Gomes cabeceou no canto direito do goleiro; era a virada do Macaé, 2 a 1.

Instantes depois, o Tigres (que à essa altura, errava os contra-ataques por puro nervosismo e desespero) perdeu Oziel, expulso. Os erros do Tigres seguiam, e até o volante Da Silva esteve perto de marcar para o Macaé: aos 39, ele chutou de longe, e Marcos Paulo quase aceitou. Em cima da marca dos 45, o Tigres tentou sua última chance, com Leandro Chaves, batendo forte, mas Jefferson salvou os macaenses novamente. No finalzinho, o zagueiro do time da casa, Paulo César, também recebeu o segundo amarelo por falta dura sobre Laio, e foi para o chuveiro.


VEJA AS FOTOS DA PARTIDA (Gabriel Andrezo)


Tigres 1-2 Macaé

Estádio: Los Larios, Xerém, Duque de Caxias.
Árbitro: André Luis Paes Ramos
Assistentes: Marcelo Correa de Lima e Lino de Paula Leite Neto
Público: 200 pagantes | Renda: R$ 2.900,00

Cartões amarelos:
TIG: Oziel, Paulo César e Ronaldo
MAC: Bill, Marciel, Otávio e André Gomes
Cartões vermelhos:
TIG: Oziel e Paulo César

Tigres: Marcos Paulo; Oziel, Paulo César, Zé Carlos (Gilberto) e Celico (Ronaldo); Leão (Leandro Chaves), Jaílson, Daniel Martins e Vander; Luiz Henrique e Gilcimar. Técnico: Betão.
Macaé: Jefferson; Fred, André, Otávio (Laio) e Bill; Gedeil, Ricardo, Marciel, Diego e André Gomes; Fernandão (Léo Santos). Técnico: Toninho Andrade.

Nenhum comentário: