Menu - Clubes

1ª Divisão: América - Americano - Bangu - Boavista - Duque de Caxias - Friburguense - Macaé - Madureira - Olaria - Resende - Tigres - Volta Redonda
2ª Divisão: Angra dos Reis - Artsul - Bonsucesso - Cabofriense - Céres - CFZ - Fênix - Goytacaz - Itaperuna - Mesquita - Nova Iguaçu - Portuguesa - Profute - Quissamã - Rio das Ostras - Sampaio Corrêa - São Cristóvão - Sendas
3ª Divisão: AD Itaboraí - América de Três Rios - Atlético Rio - Barcelona - Barra Mansa - Bela Vista - Bréscia - Campo Grande - Canto do Rio - Castelo Branco - CF Rio de Janeiro - Duquecaxiense - Esprof - Futuro Bem Próximo - Heliópolis - Juventus - Kaiserburg - Leme - Mangaratibense - Marinho - Nilópolis - Nova Cidade - Paraíba do Sul - Rio-São Paulo - Associação Riostrense - Rubro - São João da Barra - Serra Macaense - Tanguá - Três Rios - União Central - Vassouras - Villa Rio

- Licenciados:
2ª Divisão: Aperibeense - Cardoso Moreira - Estácio - Floresta - Guanabara - Miguel Couto - Rio Branco - Teresópolis
3ª Divisão: Arraial do Cabo - Casimiro de Abreu - Condor - Deportivo La Coruña Brasil - Entrerriense - Italva - Paduano - Real Angra - Rio Bonito - Riostrense EC - Santa Cruz - São José - Semeando Cidadania - Serrano - Tomazinho - União de Marechal Hermes - Várzea
Outros: Anchieta - Apollo - Barra (Teresópolis) - Barra da Tijuca - Bayer - Cachoeiras - Central (Barra do Piraí) - Coelho da Rocha - Colúmbia - Cosmos - Diana - Everest - Faissal - Iguaçu - Japeri - Lucas - Maricá - Miguel de Vassouras - Nova Friburgo - Pavunense - EC Resende - Royal - Rodoviário - Saquarema - Teresópolis EC - Tupy (Paracambi) - União Nacional - Vera Cruz

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Juniores: América perde mais uma

Disputa de bola pelo alto: América lutou, mas acabou envolvido pelo bom toque de bola da equipe vascaína
(Foto: Gabriel Andrezo)


Gabriel Andrezo e Vitor Costa
(Em Mesquita - RJ)

O América não vive um bom começo de Estadual de Juniores. Na tarde desta quarta-feira (20), em Édson Passos, o time da casa foi superado pelo Vasco da Gama, 4 a 2. O América foi dominado em boa parte do jogo, e nunca conseguiu estar à frente do placar. Com isso, a equipe segue amargando as últimas posições.

O JOGO
Sob um calor infernal em Mesquita, a bola rolou. Nos primeiros minutos, quem mandou foi o América. Cazuza foi o melhor dos rubros, e levou perigo por duas vezes à meta de Cestaro. Depois da parada técnica, no entanto, a história mudaria. Aos 23, o Vasco chegou. Rômulo bateu, e a bola passou bem perto do gol de Germano. No minuto seguinte, não teve jeito: Willen entrou pela esquerda da área e bateu cruzado, abrindo o placar. Vasco 1 a 0.

A pequena torcida vascaína em Edson Passos comemorou, mas a equipe americana soube responder em seguida. Aos 26, Samuel recebeu passe pelo meio de Edson, mas chutou em cima do goleiro Cestaro. Cinco minutos depois, Emerson arriscou de longe, e Cestaro rebateu mal, mas a jogada não seguiu. Só que o Vasco era mais time, e aos 36 chegou ao 2 a 0. Max chutou forte, e Germano fez excelente defesa. No lance seguinte, porém, Ari, de fora da área, bateu colocado, marcando um golaço, o segundo dos visitantes.

O Vasco poderia ter aumentado a vantagem ainda no primeiro tempo. Logo depois do segundo gol, Lipe ficou sozinho diante de Germano, tocou por cima, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 39, Lipe perdeu outra chance, depois de receber passe de Willen, e chutar em cima de Germano. Antes do intervalo, a torcida do América passou a hostilizar o técnico Gaúcho, do Vasco. Não custa lembrar que foi sob o comando de Gaúcho que o América acabou rebaixado no Estadual de 2008, o que motivou a torcida a provocar o técnico.

Na volta do intervalo, o Vasco teve mais a posse de bola, e marcou o terceiro logo aos quatro minutos: cruzamento de Ari, da esquerda, e gol de Max, de cabeça. Com três gols atrás, o América finalmente conseguiu encostar. Logo aos 5, brilhou a estrela de dois jogadores que haviam acabado de entrar: Nélson e Renan Silva. Nélson cruzou da direita e Renan antecipou-se à defesa para marcar o gol de honra americano, dando esperanças à torcida.

No entanto, aos 9, o time da Cruz-de-Malta chegou ao quarto gol, novamente com Willen. O atacante invadiu a área, driblou o goleiro e marcou com estilo. Depois disso, o América só conseguiu reagir aos 35. Felipe Miranda entrou pela esquerda da área, e bateu na saída do goleiro Cestaro, marcando o segundo gol americano, 4 a 2. Aos 42, o Vasco ainda esteve perto de fazer o quinto, quando Willen bateu falta com categoria, carimbando a trave direita de Germano.


VEJA AS FOTOS DA PARTIDA (Gabriel Andrezo e Vitor Costa)


América 2-4 Vasco da Gama

Estádio: Giulite Coutinho, Edson Passos, Mesquita.
Árbitro: João Ennio Sobral
Assistentes: Thales Algebaile Bondim e Roberto Rita Schwarz

Cartões amarelos:
AFC: Cazuza, Matheus e Sérgio Filho
CRVG: Max e Matheus

América: Germano; Oliveira, William, Tikinho e Edson (Nélson); João, Cazuza, Emerson (Sérgio Filho) e Matheus; Samuel (Renan Silva) e Felipe Miranda. Técnico: Aírton Ravagnani.
Vasco da Gama: Cestaro; Max, Matheus, Allan Miguel e Ari (Carlinhos); Renato Augusto, Rômulo, Jhonatan (Guilherme) e Maicon Assis (Artur); Willen e Lipe. Técnico: Gaúcho.

Um comentário:

canizio disse...

Gabriel, sou o Canizio do BlogdeBase, eu acompanho as divisões de base do Vasco.

Estive nesse jogo.

Achei teu blog navegando.

Queria saber se eu poderia "roubar" duas fotos do seu álbum.

Uma em que eu apareço nela, lá na torcida do Vasco e outra do Willen cobrando aquela falta que bateu no travessão.

Com os devidos créditos é claro.

Vou explorar aqui seu blog, mas desde já te dou o parabéns pela cobertura do campeonato Júnior.

Já vou te adicionar nos meus links.

Saudações Vascaínas